Quarta-feira, 17 de setembro de 2014
Adicione o Circulando aos favoritos.
    
Morte
O que você procura?
Imprimir
A- A+
Tamanho do Texto
Continua mistério sobre morte de empresário
Jair teria deixado carta de despedida. Imprensa não teve acesso ao conteúdo da mensagem
Data: 28/10/2012 Hora: 05:00:13 Por: Roberto Francisquini
Centenas de pessoas acompanharam o sepultamento de Jair Marçaioli

 

 

 

 

 

Cambará

Roberto Francisquini


 

 

Causou comoção a morte do empresário Jair Marçaioli, sepultado na última quinta-feira (25).

Muito querido pela comunidade cambaraense, centenas de pessoas foram dar o último adeus ao empresário.

Jair se suicidou com disparo de arma de fogo. Ele teria deixado uma carta, mas não foi divulgado detalhes de seu conteúdo.

Membro atuante da Loja Maçônica Luz do Oriente, Jair era muito prestativo. Diversas autoridades políticas, empresariais, amigos e conhecidos foram ao seu funeral.

Um dos colegas de maçonaria disse que ninguém tem o direito de julgar a atitude de Jair, “ele era um homem bom, fez o bem para muita gente em especial à sua família, vamos enaltecer o que ele fez de bom” comentou.

O mistério sobre a morte do empresário continua. Ninguém sabe as razões que o levara a atentar contra a própria vida, tendo em vista que o empresário era um cidadão de bem, sempre disposto a ajudar e emanava vitalidade.

Há a tese que ele estaria doente e que ao receber o diagnóstico teria entrado em depressão e isto teria motivado a cometer o suicídio. Ninguém confirma a informação.   

 

 

Entenda o caso

O empresário Jair Marçaioli (53) foi encontrado morto, por volta das 17 horas, desta quarta-feira, 24, próximo ao Cemitério Municipal de Cambará.

Seu corpo foi localizado deitado sobre o banco de sua caminhonete D20 vermelha. Em uma de suas mãos havia uma revolver. As primeiras informações dão conta de que o empresário teria cometido suicídio.

Não se sabe até então os motivos que levaram o empresário a cometer o ato. Ele era casado com Marinalva de Fátima Fernandes, com quem tinha uma filha de aproximadamente 17 anos.

Jair era membro da Loja Maçônica Luz do Oriente, onde exerceu o cargo de Venerável Mestre por diversos anos.

Pessoa centrada e de fácil convívio, Jair demonstrava prazer pela vida. Sua morte, de forma trágica, movimentou a sociedade cambaraense.

As primeiras informações dão conta de que ele teria atentado contra a própria vida por volta do meio dia, sem nenhum motivo aparente.

“Trabalhei com ele por mais de trinta anos, não posso acreditar no que está acontecendo” comentou Alfredo, sócio do empresário. “Não sei o que levou ele a chegar nesta situação” acrescentou.  

Um conhecido do empresário, que prefere não se identificar, informou ao Circulandoaqui, que avistou a caminhonete de Jair um dia antes, estacionada na rodovia BR369, próximo a balança. A testemunha disse que achou aquela atitude meio suspeita, por esta razão, deu meia volta e parou ao lado do veículo. De acordo com a fonte, Jair o cumprimentou e disse que estava tudo bem.

Na manhã desta quarta-feira, a mesma pessoa disse ter avistado Jair trafegando pela mesma rodovia, agora no sentido Ourinhos/Cambará numa velocidade muito baixa. “Até cheguei a brincar – O Jair de novo – comentou.

A notícia da morte do empresário correu a cidade. Centenas de populars foram até o local onde se encontrava o corpo. No semblante das pessoas amigas ou que tinha alguma relação, o semblante era de muita tristeza. Todos estavam inconformados com aquela situação.

Ninguém soube informar mais detalhes sobre o que poderia ter levado o empresário a cometer o suicídio.

O corpo de Jair Marçaioli está sendo velado nas dependências da Loja Maçônica Luz do Oriente, em Cambará, e, seu sepultamento está previsto para às 14 horas desta quinta-feira (25), no Cemitério Municipal. 

Comentários pelo Facebook